13 fevereiro 2010

Humor Clínico

Nem só de dramas vivem os médicos!


Assim que recebi esse e-mail pensei logo em Grey's Anatomy (chata pra porra!) e todos os outros dramas médicos. E também pensei em E.R., que infelizmente acabou. Ou seja, pensei no fato de que os médicos são profissionais que vivem em pressão 24 horas (Jack Bauer?) por dia e que literalmente, as vidas de seus pacientes estão em suas mãos.

Mas com certeza eles sentem, sonham, chorar e riem como todos nós. E talvez as piadinhas abaixo não agradem a todos (e?), mas estou aprendendo atualmente na minha vida, que tudo tem um lado bom.

Seguem abaixo situações (reais ou não) que provam que os médicos também sabem sorrir...ou quase isso:

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

- Doutor, quando era solteira, tive que abortar seis vezes. Agora que casei, não consigo engravidar.
- Seu caso é muito comum: VOCÊ NÃO REPRODUZ EM CATIVEIRO.

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  Doutor, tenho tendências suícidas. O que faço?
- Em primeiro lugar, pague a consulta...

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

- Doutor, sou a esposa do Zé, que sofreu um acidente. Como ele está?
- Bem, da cintura pra baixo ele não teve um arranhão!
- Puxa, que alegria! E da cintura pra cima?
- Não sei, ainda não trouxeram essa parte.

eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Após a cirurgia:
- Doutor, entendo que vocês médicos se vistam de branco. Mas porque essa luz tão forte?
- Meu filho, eu sou São Pedro.

 
eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

No psiquiatra:
- Doutor, eu tenho complexo de feia.
- Que complexo que nada!

  
 eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

- Doutor, o que eu tenho?
- Ainda não sei, mas vamos descobrir na autopsia.

 
 eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
- Doutor, vim aqui para que o senhor  me tire os dentes.
- Mas minha senhora, não sou dentista, sou gastroentrelogista...e vejo que senhora não tem nenhum dente na boca.
- É claro, eu engoli todos!
eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
No consultório psiquiátrico:
- Doutor, vou lhe contar um segredo: eu sou um galo!
- E desde quando o senhor acha que é um galo?
- Ah desde quando eu era um pintinho.
 eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Psiquiatra para o paciente bebum:
- O senhor vai parar de beber cerveja. Durante um ano, só vai beber leite.
- Outra vez, doutor?
- Mas o que? O senhor já fez esse tratamento?
- Sim, durante os primeiros meses de vida...

Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: